7 tendências para o empreendedorismo do século 21

 

Os empreendedores precisam optar entre 2 caminhos: trabalhar para conformar as necessidades de um planeta do online, ou focar em todas e cada uma das coisas que os computadores não podem fazer, que envolvem experiência, capacidade de compreensão emocional e estética, hospitalidade.

1. Aproximação Se alguém disser que o planeta é rotundo, esqueça. Atualmente este é um lugar achatado. Durante bastante tempo, foi um triângulo: no pináculo, ficavam os Estados Unidos a Europa; na apoio, os países em desenvolvimento. Isso acabou. Hoje em dia o mundo inteiro estão em pé de paridade. acometedor, em uma parte do planeta, com uma boa teoria uma boa conexão com a net, deve entrar no combate por um mercado. São tempos excitantes, com varias possibilidades, porém também muita competição.

2. Poderio do programa A humanidade passou por duas grandes revoluções ligadas às máquinas. Na primeira, elas tomaram conta do trabalho físico, nas linhas de produção. Agora, as máquinas estão tomando conta do trabalho intelectual, tomando conta dos nossos cérebros. Temos máquinas nos dizendo onde ir, o que adquirir, com quem falar, como nos comportar. Temos softwares aplicativos para todo gênero de coisa que você tenha como imaginar. As Cortonas Alexas desse planeta estão tomando conta de tudo. Logo você possui duas opções: deve se alinhar com a cultura online, aí tentar fabricar soluções que contribuam para essa revolução, ou deve ir no sentido contrário, trabalhando com experiência.

3. Economia da experiência Uma opção interessante para os empreendedores é focar em todas e cada uma das coisas que os computadores não podem fazer. Smartphones podem fazer um monte de coisas, porém não podem oferecer identificação de uma pessoa com outra, originalidade, afetividade. Logo há circuito para quem souber investir em hospitalidade, autenticidade, afazeres feitos à mão, excursionismo de experiência, comidas típicas. Há espaço para quem souber descrever boas histórias, que sobreviveram ao teste do tempo.

4. Treinamento de identidade Acima, a sociedade adequava quem você tinha que ser. Se era senhora, não podia votar, conduzir um automóvel, fundar um negócio. Se era homem, não podia permanecer em casa cuidar dos filhos. Atualmente tem uma flexibilidade uma liberdade grande. Qualquer um de nós deve eleger os elementos em uma cesta enorme de capacidade.

5. Corpos tecnológicos Assemelhava a ficção científica, porém já existem diversas indústrias desenvolvendo tecnologias para esmerar o homem, como um implante que torna alguém mas inteligente, por ex. Há varias pesquisas no científica da genética, com algoritmos que ajudam a programar como vai ser seu bebê evitar que desenvolva determinadas doenças. Essa será uma extensão enorme no porvir. deverá alçar varias questões éticas.

6. Cidadãos engajados As pessoas não confiam mas em políticos autoridades, sentem-se traídas, abandonadas. Porém isso gera um contraponto interessante. Em vez de permanecer esperando por soluções das instituições públicas, elas mesmo se organizam para resolver. Cinco anos detrás, houve uma enorme colisão de trens na Mulata, porém o governo aconselhava que havia realizado. As pessoas usaram as redes sociais para propalar fotografias expressar seu insatisfação. Na Inglaterra, temos páginas como fixmystreets.com. Se o governo não faz, os cidadãos cobram.

7. Millenials A mídia gosta de falar dos millenials que estão no extremidade da pirâmide. Aqueles que estão muito financeiramente podem se preocupar com coisas como propósito, experiência autenticidade etc. Deseja manifestar, é lógico que há uma porção da geração de 18 a 30 que pensa de forma, os hipsters, que não se preocupam com grana, só consumir quinoa mudar o planeta. Porém eles são minoria. Enorme aglomeração, ignorada pelas pesquisas, é formada por pessoas sem recursos, que casaram cedo têm que batalhar forte para subsistir. Eles não têm serviço, não têm perspectivas, acham que todos e cada um dos políticos são corruptos tiram a sua grana. não levamos de verdade esse conjunto de millenials, acontecem coisas como Trump Brexit. É preciso que a sociedade se organize para acomodar esse conjunto.

 

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Isso é para garantir que tenha a melhor experiência navegando em nosso blog, Obrigada!